Fluminense encerra negociações por Ricardo Goulart

Após mais um dia de conversas, Tricolor, com pressa para planejar 2022, decide não esperar por decisão do estafe do meia-atacante de 30 anos, que quer tempo para avaliar propostas

Fluminense se retirou das negociações pela contratação de Ricardo Goulart, livre no mercado desde que rescindiu com o Guangzhou Evergrande, da China. Após mais um dia de conversas, o clube entendeu que o estafe do meia-atacante de 30 anos ainda levaria mais tempo para analisar as propostas que o jogador tem recebido, incluindo algumas do exterior. Com pressa para planejar a próxima temporada, o presidente Mário Bittencourt decidiu encerrar a negociação. Contactado pela reportagem, o dirigente falou ao ge sobre a situação:

– Fizemos uma proposta dentro de nossas possiblidades. O estafe do jogador e o jogador receberam e ficaram de avaliar. Não chegaram a fazer contraproposta porque o atleta está avaliando ainda outras possibilidades profissionais, o que é um direito dele. Entendemos perfeitamente esta questão de mercado, mas em razão do planejamento financeiro que temos e do planejamento também de pré-temporada precisávamos definir o mais breve possível. Diante disso, optamos em não seguir com a negociação e agradecemos a maneira cordial que o atleta nos recebeu e nos tratou – disse Mário ao ge.

Ricardo Goulart em ação pelo Hebei Fortune, na China — Foto: Stringer/ImagineChina/AFP

Além do FluminenseRicardo Goulart também foi procurado por times da Turquia, dentre eles o Besiktas, do Oriente Médio e dos Estados Unidos. O ex-jogador de Cruzeiro e Palmeiras não tem pressa para definir o futuro.

Fluminense havia montado um projeto para seduzir Ricardo Goulart e apresentou ao seu empresário, Paulo Pitombeira, na semana passada. A ideia tricolor era oferecer um tempo maior de contrato, com possibilidade de participações em ações de marketing, promessa de um time competitivo para disputar títulos em 2022 e status de uma das estrelas do elenco. O clube carioca aguardava uma resposta, ao menos uma contraproposta nesta semana. Porém, com a ausência de definição, decidiu sair do negócio.

Depois de sete anos no futebol da China, exceto pelos quatro meses de empréstimo no Palmeiras em 2019, Goulart pretende mudar de ares. Ele retornou com a família para o Brasil no mês passado e vinha treinando por conta própria em São José dos Campos, no interior de São Paulo, sua cidade natal e onde tem residência e um campo à disposição. No fim de semana, curtiu dias de férias em Fernando de Noronha com a esposa e um casal de amigos, mas já retornou à cidade natal.

Fonte: Globoesportwe.com

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.