Parentes de vítimas que estavam em um dos carros envolvidos em acidente com 7 mortos lamentam perdas: ‘Muito doloroso’

Motorista Thiago Roberth, de 37 anos, chegou a ser socorrido, mas não resistiu; Joyce Soares, de 24, que era passageira dele, morreu na hora. No outro veículo, cinco pessoas da mesma família morreram.

Parentes de um homem e de uma jovem que estavam em um Toyota Corolla que se envolveu em um acidente com sete mortos na GO-139 lamentaram as perdas deles, em Piracanjuba, no sul goiano. Thiago Roberth, de 37 anos, dirigia o carro e a manicure Joyce Soares, de 24, estava no banco do carona. Eles bateram contra um Renault Duster, onde cinco pessoas da mesma família morreram.

O acidente foi na manhã de quinta-feira (18). Irmã de Thiago, a analista financeiro Daniella Cristina de Morais conta que ele chegou a ser socorrido com vida, mas não resistiu.

“Me falaram que foi só um acidente, mas que talvez eu precisaria ir no local, porque tinha sido grave, que a moça veio a óbito na hora, mas que o rapaz estava tentando ser reanimado. Ele não resistiu e faleceu no local do acidente”, contou.

Segundo a irmã, Thiago é de Goiânia e estava indo para Caldas Novas encontrar a namorada. Ela disse ainda que a passageira do carro era amiga da namorada dele. Com o impacto da batida, o carro em que eles estavam partiu ao meio.

A dona de casa Divina Glória de Sousa, que é tia de Joyce, que estava no banco do carona dentro do Corolla, conta que foi difícil receber a notícia da morte dela. Ela contou que a sobrinha era cheia de vida e que deixa três filhos pequenos.

“Meu irmão, que é o pai dela, me ligou e falou que ela tinha sofrido um acidente. Foi muito triste, muito doloroso. Ela tem três filhos pequenos, era cheia de vida”, disse.

Fonte: G1 Goiás.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.