Perto do Manchester United, Casemiro se despede de companheiros no Real Madrid

Brasileiro fica fora de viagem para duelo contra o Celta e diz adeus a colegas de trabalho em Madri. Imprensa europeia afirma que transferência está perto de ser concretizada

A trajetória de Casemiro no Real Madrid está muito perto de ser encerrada. Depois de o técnico Carlo Ancelotti confirmar que o brasileiro deseja deixar o clube para rumar ao Manchester United, o volante se despediu dos companheiros de trabalho no clube merengue na manhã desta sexta-feira, quando ele chegou a participar do treinamento, segundo o jornal “Marca”.

Após a entrevista do treinador, que deixou claro que a transferência deve se concretizar, Casemiro ficou fora da lista de relacionados para o confronto contra o Celta de Vigo, neste sábado. Ele não viajará com o elenco, e, desta forma, poderá viabilizar os trâmites para a saída para o Manchester United.

A imprensa europeia, através de diversos veículos, garante que a saída de Casemiro para o United é uma questão de tempo. O jornalista especializado em transferências Fabrizio Romano indicou que o clube inglês chegou a um acordo total com o Real Madrid e irá pagar 60 milhões de euros, com mais 10 milhões de bônus em caso de metas alcançadas. Desta forma, o valor total da transação poderá chegar a 70 milhões de euros (cerca de R$ 365 milhões na cotação atual).

– Conversei com ele nesta manhã. Quer experimentar um novo desafio, ter uma nova oportunidade. O clube entende, pelo que fez e pela pessoa que é. Há negociações, nada é oficial, mas sua vontade de sair é clara. Se houver acordo, teremos recursos para substituí-lo – afirmou Ancelotti em entrevista coletiva nesta sexta-feira.

Casemiro assinaria um contrato até 2026 com o Manchester United, com a opção de renovação por mais um ano. Ele teria um dos maiores salários do elenco, no mesmo patamar do goleiro De Gea, mas abaixo de Cristiano Ronaldo.

Caso feche com o United, Casemiro reencontrará no clube dois ex-companheiros de Real Madrid com os quais ganhou muitos títulos: Cristiano Ronaldo e Varane.

Fonte: Globoesporte.com

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.